15:00 H : 6ª comunicação

Pedro Pereira da Silva

ISCTE

NOTA BIOGRÁFICA

Mestre em Antropologia do Turismo e Património (ISCTE-IUL, 2012) e licenciatura em Informação Turística (ESHTE, 2008).

Encontra-se neste momento a finalizar o seu projecto de doutoramento sobre a gastronomia turística na vila piscatória de Sesimbra (ISCTE-IUL).

Trabalha desde 2008 como Guia Oficial de Turismo, tem como principais interesses a Gastronomia, o Património e o Turismo.

SINOPSE

A partir de uma abordagem antropológica, histórica e social, apresentamos um estudo sobre o prato tradicional “Iscas com/sem Elas.” Como se tornou este prato num símbolo e qual o seu papel como oferta gastronómica da cidade de Lisboa? A patrimonialização deste prato, em virtude da sua relevância gastronómica no contexto dos hábitos e vivências alimentares específicos da cidade de Lisboa, convive actualmente com a invisibilidade deste património no âmbito da oferta e procura turística, o que tem perpetuado o desconhecimento desta realidade gastronómica por parte de muitos dos anfitriões.